terça-feira, 29 de novembro de 2016

UBERLÂNDIA JÁ REGISTRA 60 ÁREAS URBANAS E RURAIS INVADIDAS NESTE ANO

🆘🆘🔂
Chega a 60 o número de áreas urbanas e rurais invadidas em Uberlândia neste ano. A última invasão aconteceu entre a noite de sexta-feira (25) e a tarde de ontem, quando 1 mil famílias (cerca de 2,5 mil pessoas) começaram a construção de barracos em uma área de 12,1 hectares localizada às margens da rodovia BR-050, próximo ao Parque do Sabiá, no bairro Custódio Pereira, na zona leste da cidade.
As famílias são lideradas pelo Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto (MTST). Marcos Oliveira é um dos coordenadores locais do MTST e afirma que a ocupação é formada por moradores de Uberlândia e de cidades da região e que anteriormente moravam de aluguel. “São pessoas que pagavam aluguel, mas, com a crise, perderam poder econômico e ficaram sem opção de moradia”, afirmou Oliveira.
Segundo o coordenador, o movimento é político e luta pelo direito à habitação. “O nosso objetivo é garantir o direito à moradia. Preferíamos que fosse nesta área, porém sendo assegurada a moradia, essas pessoas serão destinadas às casas”, disse Oliveira. A expectativa é que a ocupação seja concluída nesta semana. “Vamos receber até 2 mil famílias, que é o que o terreno comporta. Não cobraremos taxas dessas famílias e não serão aceitas aberturas de comércios”, afirmou o representante do MTST.
Parte da área, recentemente, invadida às margens da BR-050 (Foto: Celso Ribeiro)💇
Parte da área, recentemente, invadida às margens da BR-050 (Foto: Celso Ribeiro)
Área seria de posseiros
A ocupação, que começou na sexta-feira e recebeu o nome de Fidel Castro, abrange uma suposta área de usucapião, conforme informou o advogado da Pastoral da Terra, Igino Marcos. “São três posseiros que cuidam da propriedade há 15 anos e, por lei, já têm a posse da área. Eles estão de comum acordo e apoiam a ocupação”, afirmou o advogado.
Segundo o advogado, os supostos donos estariam dispostos a “doar” a área aos invasores mediante a destinação de alguns lotes para eles.
Ainda conforme Marcos, apesar do contato com os posseiros, que são agricultores, até ontem, uma construtora e duas famílias haviam contatado o advogado e afirmado que são proprietários da terra.
A reportagem do CORREIO de Uberlândia tentou, sem sucesso, contato com a construtora que seria proprietária do terreno. A área invadida está avaliada em cerca de R$ 30 milhões.
Fonte O Correio de Uberlândia

domingo, 27 de novembro de 2016

FAMÍLIAS SEM-TETO OCUPAM ÁREA ÁS MARGENS DA BR-050 EM UBERLÂNDIA

assentamento
Cerca de 700 famílias iniciaram, entre a noite de sexta-feira (25) e a manhã deste sábado (26), a ocupação de um terreno às margens da BR-050, próximo ao Parque do Sabiá, na zona leste de Uberlândia. Segundo o Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto (MTST), que coordena o assentamento, 2 mil famílias estão cadastradas para ocupar a área.
O terreno fica ao lado de uma concessionária de caminhões, às margens da rodovia. De acordo com Igino Marcos, advogado da Pastoral da Terra, o proprietário teria conquistado o terreno na Justiça, por meio de usucapião, e estaria disposto a destinar a área a projetos de habitação social.
Já o coordenador do MTST em Uberlândia, Marcos Oliveira, afirmou que as famílias que iniciaram a ocupação são todas provenientes do município. “São pessoas que pagavam aluguel mas, devido à crise, perderam poder econômico e ficaram sem opção de moradia”, afirmou.
Ainda segundo ele, até o fim deste domingo, o assentamento, que ainda não teve nome definido, deverá estar completamente ocupado.

CNJ SUSPENDE TRANSFERÊNCIA DE R$ 100 MILHÕES DO TJRN PARA O GOVERNO


Conselheira Daldice Maria de Almeida acatou liminar da AMARN.
Em decisão, fica sustado qualquer transferência, empréstimo ou doação.

Do G1 RN
  •  
Sede do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, em Natal (Foto: Divulgação/ TJRN)Até julgamento do mérito, Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte está impedido de transferir recursos para o governo do estado (Foto: Divulgação/ TJRN)
A liberação de R$ 100 milhões que Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte pretende fazer para o governo estadual está suspensa por decisão do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). É que a conselheira Daldice Maria de Almeida acatou liminar da Associação dos Magistrados do RN e decidiu que é ilegal a proposta do presidente do TJRN Cláudio Santos visando transferir recursos do Poder Judiciário potiguar para o Executivo.

Na decisão, a conselheira determinou que fica sustado, cautelarmente, qualquer ato de transferência, empréstimo ou doação de recursos do Poder Judiciário estadual ao Poder Executivo até o julgamento do mérito deste procedimento.
Segundo a AMARN, o Judiciário do Rio Grande do Norte vem sofrendo com a falta de investimentos e, consequentemente, perde na qualidade da prestação jurisdicional à população. Além disso, a Associação dos Magistrados relatou a destinação, no início deste mês, de R$ 20 milhões ao Executivo na forma de empréstimo para a construção de presídio, sem sequer existir projeto para a obra.
“A AMARN recebeu o resultado com tranquilidade, pois como juízes devemos defender a legalidade das ações dos gestores, principalmente dentro do Judiciário. A falta de investimentos na prestação do serviço judiciário não gera qualquer economia ao Poder Público, mas, ao contrário, penaliza a população, pois exaspera ainda mais os problemas sociais já enfrentados”, disse o presidente da AMARN juiz Cleofas Coelho de Araújo Júnior.
O presidente disse ainda que a AMARN sempre procurou agir em harmonia com os poderes. ”Não há radicalismo na medida, pois se pode observar aspectos formais para colaborar com o Executivo dentro da harmonia entre os poderes, mas não se pode admitir uma ilegalidade, reconhecida na decisão, no final de uma gestão que deixou de investir no próprio Judiciário, buscando o interesse pessoal”, conclui Cleofas Coelho.

sábado, 26 de novembro de 2016

HOMENS SÃO PRESOS COM MAIS DE 110 AVES SILVESTRES EM CATIVEIRO


Dois homens foram presos pela Polícia Militar (PM) de Meio Ambiente por manter 120 pássaros em um criadouro ilegal no bairro Jardim Ipanema, zona leste de Uberlândia, nessa sexta-feira (25). Após denúncia anônima, foram apreendidos com os dois suspeitos, de 67 e 54 anos, 111 canários da terra, duas rolinhas, seis papa-capim e uma maritaca, todos silvestres.
Homens disseram que capturavam aves por hobby (Foto: PM de Meio Ambiente/Divulgação)
Homens disseram que capturavam aves por hobby (Foto: PM de Meio Ambiente/Divulgação)
Além das aves, a PM apreendeu 66 gaiolas, quatro alçapões e três carregadores utilizados para transportar os pássaros. Aos policiais, os suspeitos disseram que mantinham os animais por hobby e não tinham a intenção de vender as aves.
Os dois homens foram encaminhados para a delegacia de plantão para prestar depoimento.
Eles estarão sujeitos à multa aplicada pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) no valor de R$ 500 por cada pássaro criado ilegalmente.
FONTE: O CORREIO DE UBERLÂNDIA

segunda-feira, 21 de novembro de 2016

BANCO DO BRASIL ANUNCIA FECHAMENTO DE AGÊNCIAS EM UBERLÂNDIA


Bancos de várias cidades virarão postos de atendimento; confira a lista.
Durante o próximo ano, 402 agências serão fechadas no país.

Do G1 Triângulo Mineiro
  •  
Agência do Banco do Brasil no centro do Rio de Janeiro. (Foto: REUTERS/Pilar Olivares)Em Uberlândia três agências serão fechadas e uma virará posto de atendimento (Foto: REUTERS/Pilar Olivares)













Uberlândia terá três agências do Banco do Brasil, fechadas em 2017. A cidade está na lista divulgada pela instituição nesta segunda-feira (21) que confirma que 402 agências no País  terão as atividades encerradas, 379 serão transformadas em postos de atendimento e 31 superintendências em diversos municípios serão encerradas. 
Além do bancos que serão fechados, outro vai ser transformado em posto de atendimento na cidade e também em outros seis municípios na região do Triângulo Mineiro, Noroeste de Minas e Alto Paranaíba.
Veja abaixo as agências que serão fechadas e as que serão transformadas em postos de atendimento na região:
Encerramento
Uberlândia
AgênciaTriângulo - 3847
Agência João Naves de Ávila - 5874
Agência Tenente Virmondes- 6989
Transformação em Postos de Atendimento
Fronteira - 3727
Pedrinópolis- 4069
São Gonçalo do Abaeté - 2621
Uberaba - 8068
Uberlândia - 8067
 
O presidente do Banco do Brasil, Paulo Caffarelli, afirmou nesta segunda-feira (21) que a reestruturação de agências e o plano de aposentadoria incentivada anunciados neste domingo (20) pela instituição financeira podem gerar uma economia anual de R$ 3,798 bilhões, caso os 18 mil funcionários habilitados optem por deixar o banco em troca de benefícios.
O banco prevê uma redução de 9,3 mil vagas em sua estrutura. Caso a adesão ao plano de demissão incentivada seja muito superior a isso, e o banco avalie que seja necessário para garantir o atendimento, a instituição poderá fazer novas contratações. As medidas de reorganização foram aprovadas pelo conselho de administração do banco.
A instituição informou ainda, que o encerramento das agências e a transformação de agências em postos de atendimento serão divulgados por internet, SMS, aplicativo para celular, terminais de autoatendimento, correspondências e cartazes nas agências.
O banco também divulgou telefones exclusivos para atendimento aos clientes sobre mudanças de agência: 0800 729 5282 para pessoas físicas e 0800 729 5281 para empresas. A Central funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 22h.

PREFEITO ELEITO DE C. DOS DANTAS GILSON DANTAS, VICE ARAIDSON, VEREADORES E SUPLENTES SERÃO DIPLOMADOS DIA 18 DE DEZEMBRO


























O prefeito eleito de Carnaúba dos Dantas, Gilson Dantas (PMDB), vice-prefeito Araidson Simões (PROS) e vereadores eleitos e suplentes serão diplomados próximo dia 18/12 na cidade de Acari/RN. Os vereadores eleitos Fabiano Pacômio (PT), Josiene de Fabinho (PSD), PEPETO (PSD), Marli (PTB), MarfraN (PTB). Nilson de Lindalva (PROS), Marcelo de Zé Dantas (PV), João Maria (PMDB) e Dué (PMDB) vereadores eleitos. 
João Maria da Oficina candidato número 15123 pelo PMDB, concorre ao cargo de vereador, Carnaúba dos Dantas/RNFabiano Pacômio candidato número 13111 pelo PT, concorre ao cargo de vereador, Carnaúba dos Dantas/RN
Fotografia de Fotografia de Nilson  de Lindalva - 90000 - Candidato a VereadorMarli de Medeirão candidata número 14444 pelo PTB, concorre ao cargo de vereadora, Carnaúba dos Dantas/RNMarfran candidato número 14888 pelo PTB, concorre ao cargo de vereador, Carnaúba dos Dantas/RNJosiene de Fabinho candidata número 55333 pelo PSD, concorre ao cargo de vereadora, Carnaúba dos Dantas/RNMarcelo de Zé Dantas candidato número 43333 pelo PV, concorre ao cargo de vereador, Carnaúba dos Dantas/RNDué candidato número 15444 pelo PMDB, concorre ao cargo de vereador, Carnaúba dos Dantas/RNPepeto candidato número 55111 pelo PSD, concorre ao cargo de vereador, Carnaúba dos Dantas/RN
FONTE: A VOZ DO POVO

domingo, 20 de novembro de 2016

MORTES LEVANTAM ALERTA SOBRE USO DE APLICATIVOS E REDES SOCIAIS



A morte de Guilherme Pagotto, de 23 anos, e Helton Ivo Botelho da Cunha, de 36 anos, em Uberlândia, há menos de um mês, atribuídas a encontros marcados por meio de aplicativos de relacionamento, trouxe à tona a discussão sobre o risco a que se expõem os usuários destes dispositivos. Segundo uberlandenses que usam esses aplicativos, como Grindr, Scruff, Hornet e Badoo, conseguir encontros sexuais é o grande propósito das redes sociais. Outras plataformas, como o Tinder, por exemplo, já têm sido usadas como porta de entrada para relacionamentos mais duradouros.
Alex (nome fictício), de 37 anos, ficou aterrorizado, quando foi abordado por um usuário supostamente heterossexual em busca de sexo, na última quarta-feira (16). “Ele me perguntou se tinha carro e se era passivo. Quando percebeu que não obteria o que buscava, disse que ia matar todos os gays. Fiquei abalado pela similaridade com as abordagens dos uberlandenses assassinados, no mesmo horário. Estou muito mais prudente e tenho alguns amigos que já até deletaram os aplicativos”, disse Alex.
Embora não tenha vivido diretamente nenhum caso de violência, Rafael, de 32 anos, disse que um amigo foi assaltado durante um encontro na semana passada. “Se encontraram na casa do meu amigo, que deu falta de R$ 100 e itens do apartamento depois que o cara foi embora. É algo a que estamos sujeitos nos encontros sexuais agendados por aplicativos. Por mais que tenhamos meios para checar se a pessoa é minimamente real, nunca temos total controle da situação”, disse Rafael.
Silvio (nome fictício), de 25 anos, percebeu o risco no uso de aplicativos logo no primeiro encontro marcado. “Foi há seis meses. Tinha acabado de me assumir, marquei com um cara e não sabia nada sobre ele. Rolou tranquilamente, mas, depois, soube que ele era HIV positivo. Fiquei louco. Durante três meses, até o resultado do exame sair, sofri dias e noites. Mas, felizmente, não fui contaminado, pois me preservei. Depois daí, nunca mais”, disse Silvio.
Segundo uberlandenses, apps, como Hornet,  garantem principalmente encontros sexuais (Fotos: Núbia Mota)

Especialista
A utilização de aplicativos para estabelecer relacionamentos, sejam afetivos ou sexuais, está ligada a dois grandes propósitos, segundo o antropólogo Sebastião Vianney. “De um lado, pessoas buscam nos apps um atalho para relações rápidas, sem interesse de estabelecer vínculos, comportamento típico dos tempos líquidos em que vivemos, segundo Zygmunt Bauman. De outro, há pessoas que temem a aproximação, normalmente, por timidez ou dificuldade de se assumir”, disse Vianney.
Alex aponta outro elemento que contribui para a exposição de gays ao risco dos aplicativos, que é a discrição. “Nem todos os gays frequentam boates, saunas e locais públicos “de catação”, como banheiros da praça Sérgio Pacheco, da rodoviária e do Terminal Central. Alguns buscam menos exposição, seja por não se assumirem ou mesmo por serem casados. Os apps permitem isso, você pode trocar fotos públicas e restritas, não só do rosto”, disse Alex.
Intenções
Atualmente, entre os aplicativos de relacionamento, o principal é o Tinder. Mas, há pelo menos dez aplicativos “de pegação”, voltados principalmente para encontros sexuais. De acordo com Rafael (nome fictício), as opções se estendem a grupos específicos de gays, como GROWLr e bearwww, voltados para peludos, barbudos e gordos. “No caso do Tinder, existe uma vinculação da conta do Facebook, por exemplo, o que torna a prática mais visível. Já nos aplicativos gays, não há vínculo com nenhuma rede social, o que contribui para a privacidade”, disse Rafael.
Segundo Renan (nome fictício), de 29 anos, que usa os aplicativos Hornet, também há uma diferença entre aplicativos de relacionamento e “de pegação”. “No caso do Tinder, você só entra em contato com a pessoa se der match, ou seja, a caixa de diálogo só abre se ambos se curtirem. Nos outros aplicativos, você pode falar com qualquer um. O que tem a mais é uma estrela que pode dar aos preferidos. Mas, o pessoal não quer saber muito de conversar, geralmente apenas trocam informações rápidas e marcam encontros. O máximo que consegui por meio de aplicativos foi ficar com um menino por três semanas”, afirmou Renan.
Boas histórias
São muitas as histórias de pessoas que se conhecem por meio de aplicativos, como o Tinder, e engatam longos namoros e até casamentos. “Muitas vezes, a pessoa supera uma dificuldade inicial por meio do app e, uma vez que se encontra com o outro, estabelece uma relação. Não há o que se condenar neste processo, desde que seja criterioso, pois vivemos uma nova sociabilidade, não cabe o saudosismo dos velhos tempos”, disse o antropólogo Sebastião Vianney.
Marcos* passou seis anos sozinho, desde o último namoro, que causou drásticos danos emocionais. Já Cleber nunca tinha namorado. O contato por meio do Tinder o levou a um encontro, em 2009, e a sintonia foi imediata. “Fomos nos conhecendo com calma e já estamos juntos há sete anos, cinco deles morando juntos. O app foi muito importante, nunca conheceria ele de outra forma, temos gostos muito diferentes”, disse Marcos.
Depois de perder o marido em um acidente e de se dedicar, exclusivamente, à filha, Ana Martha* se viu incapaz de recomeçar uma nova história. “Tinha perdido o jeito, sabe? Depois de algumas tentativas frustradas de encontrar um companheiro, conheci o Tinder por uma amiga. Logo comecei a conversar com Denis* e, quando encontramos, a sintonia foi tão grande que, em seis meses, fomos morar juntos”, disse Ana Martha.

Todo cuidado é pouco
Entre as implicações do uso de aplicativos de relacionamento como atalho para estabelecer relações, está a exposição ao risco, o que pode levar a crimes, como assaltos, e mesmo até a morte, já que existe a possibilidade de uso de perfis falsos, os ditos “fakes”, que atraem as pessoas para armadilhas. Para prevenir situações de risco, usuários de aplicativos têm estratégias.
Renan dá prints nas fotos recebidas por meio dos apps, ou seja, tira fotos das imagens, para checar se são fakes. “Se a foto tiver em baixa definição, com linhas embaçadas, fico com os dois pés atrás”, disse Renan. Alex também consulta os amigos sobre a pessoa com quem está conversando. “Apesar de não ser muito ético, geralmente, mando a foto da pessoa com quem estou conversando para meus amigos me dizerem se conhecem ou não, se têm alguma referência”, disse Alex.
Rafael troca Whatsapp para ter algum respaldo. Uma vez que solicita o número do telefone da pessoa com quem está conversando e ela nega repassar o contato, ele abandona a conversa. “Prefiro trazer a pessoa para minha casa, porque, na casa, dela estaria totalmente vulnerável. Moro em um condomínio, em que tem que passar por uma portaria, tem várias câmeras; então, estou no meu lugar”, afirmou Rafael.
dicas

VEJA O GOL DE NETO COBRANDO PÊNALTI

video

CHUVA MATA MORADOR E DEIXA QUASE MIL DESABRIGADOS EM RESPLENDOR


Corpo de um cadeirante foi localizado nos escombros de uma casa. 
Cerca de 60% dos moradores do distrito de Nicolândia estão desabrigados.

Do G1 Vales de Minas Gerais
Moradores estão desabrigados em distrito de Resplendor (Foto: Lauder Pieper/Arquivo Pessoal)Moradores estão desabrigados em distrito
de Resplendor
(Foto: Lauder Pieper/Arquivo Pessoal)
Quase mil moradores de Nicolândia, distrito da cidade de Resplendor (MG), ficaram desabrigados depois das fortes chuvas que cairam no local neste fim de semana. Cerca de 60% dos moradores da comunidade, de aproximadamente 1600 habitantes, estão desabrigados. Segundo a Defesa Civil, o corpo de um cadeirante foi localizado neste sábado (19) em meio aos escombros de uma casa que foi arrastada pela enxurrada.
O Corpo de Bombeiros foi acionado para socorrer as famílias desabrigadas, mas, segundo os militares, a queda de uma ponte que dá acesso ao vilarejo está dificultando os resgates. A BR-259, principal via que liga o distrito a Resplendor, ficou parcialmente interditada e tem dificultado a chegada dos bombeiros ao local.
Quedas de barreiras interrompem parcialmente acesso a distrito
Pela manhã, ônibus atolou em estrada vicinal que liga Nicolândia a Resplendor (Foto: Juliely Piske/Arquivo Pessoal)Pela manhã, ônibus atolou em estrada vicinal que liga
Nicolândia a Resplendor
(Foto: Juliely Piske/Arquivo Pessoal)
Desde a última sexta-feira (18), a Defesa Civil de Resplendor está empenhada nas vias que ligam a cidade à Nicolândia. Na estrada vicinal do município, duas barreiras desmoronaram. De acordo com a Prefeitura Municipal, o deslizamento de terra foi provocado pelas intensas chuvas que caem na cidade desde quinta-feira (17).
A estrada possui cerca de 48 km, a maior parte sem asfalto. Segundo a Defesa Civil, o trecho próximo ao distrito de Bom Pastor já foi liberado. O restante do percurso segue impedido pela queda das barreiras, e as chuvas têm dificultado a limpeza da estrada. Além da equipe de oito homens da Defesa Civil e Secretaria Municipal de Obras, voluntários de fazendas vizinhas ajudam nos trabalhos.
Outra estrada, que passa pelos municípios de Pancas e Colatina, ambas cidades do Espírito Santo, também dão acesso ao distrito de Nicolândia. A Defesa Civil não soube estimar a distância pelo percurso alternativo. A estrada vicinal que liga Nicolândia a Resplendor, até o final deste sábado, permanecia parcialmente interditada.

segunda-feira, 14 de novembro de 2016

CONFIRA OS PRINCIPAIS CONCURSOS FEDERAIS PREVISTOS PARA 2017


Concurso da Receita Federal
A Receita Federal está prevendo um grande concurso público para 2017. No total, serão 400 vagas que contemplarão as carreiras de assistente e analista para o Ministério da Fazenda, em vários estados do Brasil
Para participar, será preciso, em caso da função de analista, ter nível superior. A remuneração pode chegar a R$ 16.201,64. Já para o cargo de assistente, é preciso nível médio completo e o salário chega a R$ 3.756,82.
Concurso do Ministério da Saúde
Até o dia 21 de março de 2017 está prevista a abertura do edital para inscrições no concurso público do Ministério da Saúde. O processo busca o preenchimento de 102 cargos em nível superior, sendo esses para analistas técnicos de políticas sociais, administradores e contadores. Todas as funções são para a cidade de Brasília, no Distrito Federal
Concurso da ABIN
A Agência Brasileira de Inteligência, a ABIN, estará abrindo, em 2017, um concurso para preencher 650 vagas de servidores públicos na instituição. O pedido de certame já foi autorizado pelo Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MPOG) e já está incluído na Lei Orçamentária Anual.
As funções são as seguintes: oficial de inteligência, agente técnico de inteligência, agente de inteligência e oficial técnico de inteligência.
Concurso do Banco do Brasil
Está previsto o lançamento de edital para o Banco do Brasil no novo ano. O processo seletivo será para o cargo de escriturário e, ao que tudo indica, esse poderá trazer oportunidades para o âmbito nacional, ou seja, com vagas em todo o país.
Quem tiver interesse, precisa saber que serão admitidos candidatos com formação mínima em nível médio e idade entre 18 e 30 anos, sendo completados esses até a data de contratação. A remuneração é de R$ 2.449,98, bem como outros benefícios, visando sempre crescimento e desenvolvimento profissional. A carga horária é de 30 horas por semana